Não é o curso de pedagogia que faz um educador

P: Quando foi que você se descobriu Educador?

R: Foi depois que eu me desliguei da igreja, percebi que eu tinha a ver com as crianças, com a educação. Me transformei em educador sem nunca ter feito curso de pedagogia, porque não é curso de pedagogia que faz um educador. O educador é algo que nasce dentro da gente. Como no Nelson Freire que se tornou um grande pianista, não porque ele quis ser pianista, mas porque ele tinha um piano dentro dele.

Nascer educador significa primeiro gostar das crianças e dos adolescentes. Gostar da experiência do contato, de ver o rosto das crianças, provocar a inteligência. Meu filósofo favorito, Nietzsche, dizia que a tarefa dele era “tornar as pessoas desconfortáveis”. Eu acho que essa é uma das tarefas do educador, provocar, fazer perguntas: “Como é isso? Como é aquilo?”. Fazer as crianças pensarem.

In “Maturaidade”, Entrevista a Rubem Alves

Etiquetas: , ,

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: