O aprendido é aquilo que fica depois do esquecimento fazer o seu trabalho

E pensei que a educação poderia ser avaliada por um exame parecido com a máquina de salsichas – que comparasse os “quilos” de saberes que as escolas colocam nos olhos, ouvidos e memória da “máquina” chamada “aluno” com o que “sobra” ao final.

As escolas colocaram muita coisa dentro do meu funil, nos 17 anos que as frequentei. Quatro anos no curso primário, um no curso de admissão, quatro no ginásio, três no curso científico e cinco no curso superior. Multipliquei o número de meses, pelo número de dias, pelo número de horas, pelo número de anos: cheguei a 16.830 – o número de horas que passei assentado em carteiras ouvindo a fala dos professores.

O exame – um tipo de Enem – seria assim: Primeiro: o programa para o exame seria constituído de tudo o que se pretendeu ensinar nesses 17 anos, do primeiro ao último ano. O que foi colocado no funil. Segundo: os alunos não assinarão os seus nomes porque não são eles que estão sendo avaliados, mas o desempenho da máquina, isto é, do sistema escolar. Terceiro: não haverá “cursinhos” preparatórios para tais exames. Será proibido também recordar a matéria.

Guarde isso: o aprendido é aquilo que fica depois que o esquecimento fez o seu trabalho. O objectivo do exame será avaliar o que sobrou. Eu me sairia muito mal.

Você depositaria suas economias mensalmente num fundo de investimento, por 17 anos, se você soubesse que depois desses 17 anos receberia só 10% do que você depositou? Alguns concluirão que a culpa é dos professores. Outros, que a culpa é dos alunos. Não creio que a culpa seja dos professores ou dos alunos. Acho mesmo é que a culpa é da carne que se põe na máquina: ela está estragada. As salsichas cheiram mal.

In “A máquina de fazer salsichas”, Rubem Alves

Etiquetas: , ,

Uma resposta to “O aprendido é aquilo que fica depois do esquecimento fazer o seu trabalho”

  1. telmocosta Says:

    Muito interessante; a fábrica de salsichas necessita definitivamente de uma reestruturação…

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: