O modelo de fundação definido para as universidades não existe na lei

Nesse contexto, o modelo de fundação, que criticou, não seria mais ajustável a uma universidade?
Não tenho nenhum preconceito em relação às fundações. Agora, o modelo de fundação tal como foi definido para as universidades não existe na lei. As universidades são instituições públicas de direito privado. É um modelo que só existe no RJIES – Regime Jurídico das Instituições do Ensino Superior. Ninguém sabe o que quer dizer. Pareceu-me arriscado estar a lançar uma universidade num processo que ninguém sabe o que é. Outros colegas meus avançaram numa perspectiva que não é a minha: vamos a jogo e ver o que dá. Com todo o respeito, não me parece a maneira de envolver uma universidade. Além disso, estou convencido que na actual conjuntura económica todas as parcerias público-privadas vão acabar. O momento em que vivemos, de resto, é resultado desses desdobramentos sistemáticos do estado, numa importação dos conceitos da terceira via de Tony Blair, que ruíram com esta crise. Digo que o RJIES está esgotado porque é produto de uma concepção do Estado que acabou total e definitivamente nos últimos meses.

In “O futuro está nas universidades“, Entrevista com António Nóvoa

Etiquetas: ,

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: