Archive for the ‘Empreendedorismo’ Category

Como fazer a “avaliação positiva” do desempenho dos colaboradores

4 Julho, 2012

1.  Make it more of a mutual collaboration.
2.  Create a deliberate positive component.
3.  Focus on the future.
4.  Gather appreciative stories.
5.  Not feedback, feedforward.
6.  Be descriptive, not evaluative.
7.  Believe in the project.
8.  Review, reflect, then discuss.
9.  Do a monthly “5-15” rather than an annual review.
10.  Scrap the review altogether.
In “Positive Peformance Evaluations

Os 6 princípios da economia solidária

30 Junho, 2012

In “Carta da Economia Social

Ser empreendedor não é inato

22 Junho, 2012

40 casos de Inovação Social em Portugal

19 Junho, 2012

Histórias de Sucesso de Inovação Social

Guia Prático do Empreendedor

18 Junho, 2012

É preciso fazer diferente para fazer a diferença – vídeo

17 Junho, 2012

A nova profissão de facilitador de desenvolvimento – vídeo

10 Junho, 2012

Os sonhos são feitos de impossíveis

26 Maio, 2012

A taxa de actividade empreendedora em Portugal está a decrescer desde 2007

24 Maio, 2012

Em 2010, Portugal registou uma Taxa TEA de 4,5%, o que significa que existem 4 a 5 empreendedores early-stage (indivíduos envolvidos em start-ups ou na gestão de novos negócios), por cada 100 indivíduos em idade adulta. Este resultado é o 9º mais baixo do universo GEM 2010 e o 7º mais baixo das 22 economias orientadas para a inovação participantes, ficando também abaixo da Taxa TEA média associada aos países membros da UE (5,2%). A Taxa TEA portuguesa em 2010 equivale a metade da que havia sido obtida em 2007 (8,8%), ano em que se assumiu como a 3ª mais elevada das 19 economias orientadas para a inovação então participantes.

Esta diminuição registada na TEA em Portugal vai ao encontro de dados estatísticos de fontes nacionais que indiciam um quadro pouco favorável ao desenvolvimento de iniciativas empreendedoras. De acordo com dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), o emprego diminuiu, em 2009, a uma taxa de -2,8%, contrariando a tendência dos cinco anos anteriores – neste contexto, o emprego de trabalhadores por conta própria, com uma quebra de -6,6% contribuiu em mais de 30,0% para esta diminuição total. Os dados da iniciativa “Empresa na Hora”9 apontam para uma redução de 19%, em 2010, do número de empresas constituídas em Portugal, face ao resultado obtido no ano de 2007. Ainda assim, a Taxa TEA portuguesa em 2010 fica 0,4 pontos percentuais acima do resultado de 2004 (4,0%).

In “GEM Portugal 2010 – Estudo sobre Empreendedorismo” (página 16)

O empreendedorismo e a inovação social em Portugal – vídeo

20 Maio, 2012